Sierra Nevada publica imagens dos Super Tucanos deixando os EUA rumo à Nigéria

Seis aeronaves de ataque leve partiram da Base Aérea de Moody em direção ao país africano no final de julho
Super Tucanos da Força Aérea da Nigéria (SNC)

A Sierra Nevada Corporation, parceira da Embraer na carreira internacional do avião de ataque leve A-29 Super Tucano, divulgou nesta semana imagens das primeiras unidades do modelo seguindo em direção à Nigéria.

Os aviões da Força Aérea da Nigéria estavam sendo usados para treinamento na Base Aérea de Moody, de onde partiram para o continente africano.

O país africano receberá 12 Super Tucano até o final do ano, como parte de um programa bancado pelo governo dos EUA. Os seis primeiros aviões foram entregues no final de julho, mas apenas agora a SNC divulgou a informação.

O contrato para produção dos aviões de ataque foi assinado em novembro de 2018 por US$ 329 mihões. A Força Aérea da Nigéria tem empreendido um processo de modernização e reequipamento que incluiu também três caças Chengdu/PAC JF-17, recebidos recentemente.

Variante aprimorada do EMB-312 Tucano, o A-29 é operado por 16 países, entre eles o Brasil, Afeganistão, Líbano, Chile e Filipinas.

Total
267
Shares
5 2 votes
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcelo Lopes
Marcelo Lopes
9 meses atrás

O KC-390 não poderia ser produzido pela Sierra Nevada considerando a capacidade das duas empresas e desse modo alcançar a projeção esperada de produção dessa aeronave pela Embraer? Não foi positivo essa parceria da Embraer e Sierra Nevada em relação ao Super Tucano?

Previous Post

JetBlue estreia seu primeiro voo internacional para a Europa

Next Post

Embraer inicia testes de voo com seu primeiro avião elétrico

Related Posts