Turquia agora quer adquirir 40 caças Eurofighter Typhoon

País está em conversas com Reino Unido, Espanha e Alemanha para conseguir aval para encomendar aeronaves de combate
Caças Eurofighter Typhoon do Reino Unido e Alemanha (Divulgação)

A Turquia revelou ter interesse em encomendar 40 caças Eurofighter Typhoon. Segundo o Ministro da Defesa do país, Yasar Gular, há conversas em andamento com o Reino Unido e a Espanha para convencer a Alemanha a autorizar o acordo.

Assim como ocorreu com a Arábia Saudita, o governo do chanceler Olaf Scholz teria barrado a compra. Na sexta-feira (17), o presidente turco Tayyip Erdogan chegou à Alemanha para se encontrar com o líder do país europeu e o assunto estaria em pauta.

A compra de caças Eurofighter pela Turquia poderia dar uma sobrevida necessária ao programa, que está ameaçado de ser encerrado antes do planejado.

O CEO da Airbus Defence, Michael Schöllhorn, tem feito apelos para que o projeto de upgrade da aeronave, conhecido como Long Term Evolution (LTE), seja executado.

Caça Lockheed Martin F-16 - Força Aérea da Turquia
F-16 da Turquia (Aldo Bidini)

O executivo alemão também alertou que sem um pedido firme até 2025, haverá uma interrupção na produção do caça.

O Reino Unido tem tentado convencer a Alemanha a autorizar a venda de caças Typhoons para a Arábia Saudita, que já anunciou ter pedido uma proposta para a Dassault 54 caças Rafale.

Relacionamento complexo com os EUA

A investida no Eurofighter pela administração de Erdogan ocorre em meio a longas discussões com os EUA para obter um pacote de atualização dos caças F-16 e também a venda de um novo lote da aeronave com 40 jatos supersônicos.

Siga o AIRWAY nas redes: Facebook | LinkedIn | Youtube | Instagram | Twitter

O presidente Joe Biden tem buscado aprovar o pedido, mas o relacionamento com a Turquia tem sido conturbado ao menos desde que o país decidiu fechar um contrato com a Rússia para receber míssies terra-ar S-400.

Na época, Ankara era uma das sócias no programa do caça de 5ª geração F-35, mas acabou proibida de receber a aeronave.

 

Total
0
Shares
Previous Post
A380 da Emirates

“Electra” da Emirates Airline? Companhia aérea vai manter seus A380 em voo até 2041

Next Post

Embraer só deverá lançar novos aviões a partir de 2026, diz presidente

Related Posts
Total
0
Share