O SkySofa ocupa as fileiras do meio na classe econômica do A330 da Azul (Divulgação)

O SkySofa ocupa as fileiras do meio na classe econômica do A330 da Azul (Divulgação)

Os passageiros de classe econômica da Azul agora não precisam mais ficar morrendo de inveja de quem viaja com as pernas esticadas na área executiva em viagens internacionais. A empresa aérea finalizou nesta quinta-feira, 27, a instalação do SkySofa no novo jato Airbus A330-900neo, produto composto por quatro poltronas que se transformam em uma cama, proporcionando uma experiência mais confortável para quem encara longos voos para o exterior.

O procedimento de implementação do SkySofa no primeiro A330neo da Azul levou quatro dias e foi realizado no recém-inaugurado centro de manutenção da empresa no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP). A empresa brasileira é a primeira do mundo a contar esse recurso no novo jato widebody da Airbus. Outra companhia que oferece uma opção semelhante é a Air New Zealand, da Nova Zelândia.

“A conclusão desse projeto é um marco para a Azul, que finaliza com sucesso uma tarefa que era realizada fora do país antes do nosso hangar de Viracopos. Foram quase dois anos desde o início do projeto com as autoridades aeronáuticas internacionais e brasileiras até a elaboração de documentos e mudanças na estrutura da aeronave. Estamos felizes por incluir esse produto exclusivo e muito bem avaliado por nossos Clientes em uma aeronave tão recente em nossa frota. O SkySofa é um grande diferencial em nosso produto internacional e para famílias que vão viajar por sete, oito ou nove horas, desfrutar do SkySofa traz uma experiência ainda mais especial e confortável durante o voo”, afirma Abhi Shah, vice-presidente de Receitas da Azul.

Ao todo, o A330neo conta com 11 fileiras SkySofa na classe econômica da Azul, que recentemente recebeu do TripAdvisor o prêmio de Melhor Classe Econômica do mundo. O recurso já era oferecido desde 2016 nos A330-200 de primeira geração operados pela companhia – que tem na frota oito modelos A330-200 e dois A330-900neo.

Apenas duas companhia oferecem assentos de classe econômica que viram camas: a Azul e Air New Zealand (Azul)

Para adquirir o conjunto de assentos basta efetuar uma compra de voo internacional por meio do site da Azul, e, no mapa de assentos, antes da finalização do processo, selecionar o espaço que sinaliza o SkySofa. O produto está disponível para até quatro passageiros na mesma compra – os quatro assentos são bloqueados independentemente se a compra é para apenas um cliente.

Veja mais: Low cost Breeze Airways volta a alterar seus planos de estreia