Azul anuncia encomenda de cinco Airbus A330neo

Aeronave de nova geração será entregue à companhia a partir do final de 2018
Com motores reformulados e novos winglets, o A330neo será 14% mais eficiente em consumo de combustível (Airbus)
Com motores reformulados e novos winglets, o A330neo será 14% mais eficiente em consumo de combustível (Airbus)
Com motores reformulados e novos winglets, o A330neo será 14% mais eficiente em consumo de combustível (Airbus)
Com motores reformulados e novas asas, o A330neo será 14% mais eficiente em consumo de combustível (Airbus)

A companhia aérea Azul anunciou nesta quinta-feira (21) a encomenda de cinco jatos de nova geração Airbus A330-900neo. A aeronave, ainda em fase de desenvolvimento, será incorporada a frota da empresa a partir do último trimestre de 2018.

A companhia brasileira, até o momento, é o único operador da América do Sul que confirmou a encomenda do novo jato widebody da Airbus. Os jatos destinados a empresa serão entregues pela Avalon, empresa internacional especializada em leasing de aeronaves.

O A330neo da Azul será configurado com 298 assentos, 27 a mais em relação aos atuais A330 operados pela companhia – a empresa utiliza atualmente cinco jatos A330-200 em voos para os Estados Unidos e Europa.

“Estamos muito animados com essa novidade, pois ela representa uma retomada de crescimento da Azul. Os novos aviões terão papel fundamental na ampliação de nossos voos e destinos internacionais e ajudarão a tornarmos as nossas operações ainda mais eficientes, já que serão equipadas com motores que consomem menos combustível que os atuais modelos”, comemora John Rodgerson, presidente da Azul.

A330neo

O A330neo foi anunciado em 2014, durante o salão aeronáutico de Farnborough Show, na Inglaterra, e a Airbus teve boa aceitação pelo novo produto: a fabricante já tem encomendas por 210 aeronaves. O desenvolvimento da modelo, porém, está cerca de seis meses atrasado.

Segundo o cronograma original do fabricante, o voo inaugural da nova geração do A330 era previsto para o primeiro trimestre deste ano. O atraso ocorreu sobretudo pela demora na entrega dos novos motores, o Rolls-Royce Trent 7000. Como já anunciado pela Airbus, o primeiro voo do A330neo deve acontecer ainda neste mês.

Primeiro flagra do A330neo com os motores instalados; jato ainda não voou (Clément Alloing)
Primeiro flagra do A330neo com os motores instalados; jato ainda não voou (Clément Alloing)

Como explica a fabricante, o A330neo promete uma economia de combustível de até 14% comparado ao modelo atual. A maior eficiência no desempenho da aeronave é creditada principalmente aos motores de menor consumo e também ao novo design das asas, de maior envergadura.

O primeiro operador do A330neo será a companhia TAP, de Portugal, hoje controlada pela Azul, no primeiro semestre de 2018. A lista de clientes do novo avião da Airbus ainda inclui empresas como a Delta, Iran Air e Hawaiian Airlines.

A Azul conta atualmente com cinco jatos Airbus A330 (Thiago Vinholes)
A Azul conta atualmente com cinco jatos Airbus A330 (Thiago Vinholes)

Veja mais: Airbus entrega primeiro A330 montado por chineses

Total
0
Shares
0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Daniel Batista dos Santos
Daniel Batista dos Santos
4 anos atrás

Na prática, a Azul trocou os A350 pelos A330 NEO… preferia vê-la voando os A350…

Previous Post
O A330 é o jato de grande porte mais popular na China, com 202 exemplares em operação (Airbus)

Airbus entrega primeira jato A330 montado por chineses

Next Post
Apesar da dramaticidade, turbulência raramente causam acidentes (Sergei Kustov)

Boeing vai testar sistema que detecta turbulências inesperadas

Related Posts