Belavia torna-se a 3ª cliente do E195-E2, maior avião da Embraer

Companhia aérea da Bielorússia arrendou três unidades da companhia de leasing AerCap, se juntando à Binter e Azul como operadora do maior jato de passageiros brasileiro
O primeiro E195-E2 da Belavia (Embraer)

A Embraer entregou nesta segunda-feira (21) o 11º jato E195-E2, maior aeronave comercial já desenvolvida no Brasil. A Belavia, companhia aérea da Bielorússia, é a nova cliente do modelo, que já é operado pela Binter (três aviões) e Azul (sete unidades).

A Belavia fechou um contrato de arrendamento de três unidades do E195-E2 junto à AerCap, companhia de leasing que também tem fornecido todos os aviões da Azul até o momento. O modelo da nova operadora está configurado para 125 assentos em duas classes (nove na executiva e 116 na econômica) – a capacidade total do avião é de 146 lugares numa configuração com pitch de 28 polegadas.

De acordo com a Belavia, o E195-E2 será usado nas suas rotas principais para Londres, Barcelona, Nur-Sultan, Munique, Paris, Sochi e Amsterdã. A companhia já é cliente da Embraer, reunindo onze jatos da primeira geração (quatro E175 e sete E195), além de 16 Boeing 737, incluindo nove da versão 800.

“Os passageiros da Belavia adoram os nossos atuais aviões Embraer e espero que apreciem ainda mais a nova geração. O E2 oferece à Belavia custos operacionais mais baixos, bem como o menor impacto ambiental. Gostamos de manter a nossa frota jovem e atualizada e com a aquisição do E195-E2 é a combinação perfeita, nos permitindo levar mais passageiros, mais longe, com maior conforto, e de forma mais eficiente”, disse Anatoly Gusarov, CEO da Belavia.

“É ótimo receber mais uma companhia aérea na família de operadores E2. À medida que as companhias aéreas retomam as operações, o E195-E2 está perfeitamente posicionado, com o tamanho ideal, para atuar em rotas anteriormente operadas por aeronaves de corredor único, mantendo, ao mesmo tempo, a frequência e ajustando a capacidade aos novos níveis de ocupação”, afirmou Cesar Pereira, Vice-Presidente da Europa, Oriente Médio e África da Embraer Aviação Comercial.

Poucos clientes

O E195-E2 acumulava até setembro 151 pedidos firmes e 198 opções de compra. Neste trimestre, a Embraer já entregou dois jatos para a Azul (prefixos PS-AEE e PS-AEF) e se prepara para enviar mais uma aeronave em breve, o PS-AEG, chegando a um total de 12 unidades em operação.

A lista de companhias aéreas clientes do E195-E2 inclui ainda a Air Peace, da Nigéria, a Helvetic Airways (Suíça), que converteu parte do pedido de E190-E2, e a KLM, cujos aviões foram arrendados da AerCap. O maior pedido da aeronave foi feito pela Azul, com 51 unidades, mas que ainda não começaram a ser entregues.

Embraer E195-E2 - Ararinha Azul
O E195-E2 PS-AEF foi o sétimo jato entregue à Azul, que deve receber mais uma unidade em breve (Azul)

Veja também: Embraer entrega quarta aeronave KC-390 para a FAB

Total
127
Shares
Previous Post
KC-130H Hercules - Força Aérea Uruguaia

Uruguai recebe dois Hércules usados comprados da Espanha

Next Post
O 737 da Alaska foi abastecido com uma mistura de biocombustível e querosene convencional (Divulgação)

Alaska Airlines amplia encomenda do Boeing 737 MAX 9

Related Posts
Total
127
Share