Com autonomia ímpar, A321XLR realiza voo inaugural

Aeronave da Airbus decolou das instalações de Hamburgo às 11h05 desta quarta-feira (6h05 no Brasil). Fabricante pretende certificá-la até 2024
O A321XLR em seu primeiro voo (Airbus)

O primeiro A321XLR de testes realizou seu voo inaugural nesta quarta-feira, 15 de junho. A aeronave da Airbus decolou às 11h04 das instalações da companhia em Hamburgo, na Alemanha, e permaneceu por 4 horas e 34 minutos no ar.

Segundo dados do FlightRadar24, a aeronave atingiu 31.050 pés de altitude (9.464 m) e uma velocidade de 236 nós (437 km/h). Com matrícula F-WXLR, o protótipo A321XLR participará de uma campanha de certificação que deve durar até 2024, ano em que a Airbus espera entregar as primeiras aeronaves.

De acordo com a Airbus, a tripulação realizou testes com os controles de voo, motores e sistemas principais da aeronave, incluindo as proteções do envelope de voo, tanto em alta quanto em baixa velocidade. Um vídeo divulgado pela fabricante mostra os pilotos realizando operações com o trem de pouso durante o voo.

Com uma autonomia ímpar, de 8.700 km, a variante de ultra longo alcance já teve mais de 500 aeronaves encomendadas de mais de 20 clientes desde 2019, quando o programa foi lançado.

No Twitter, o CEO da Airbus, Guillaume Faury, celebrou o feito. “Dia fantástico quando nosso A321XLR decola pela primeira vez – parabéns, time Airbus! Obrigado aos nossos clientes e parceiros que estão conosco, tornando esta aeronave revolucionária uma realidade”, disse o executivo.

Graças ao desempenho sem paralelo, o A321XLR será capaz de substituir widebodies em rotas de longo alcance, transportando até 244 passageiros. A meta da Airbus é colocar o jato em serviço no início de 2024, isso se superar os desafios técnicos a respeito do uso de um novo tanque de combustível, cuja posição próxima à cabine principal tem preocupado a EASA, a agência de aviação civil europeia.

Total
7
Shares
Previous Post
A Latam será a primeira empresa da América Latina a voar com o A320neo (Airbus)

LATAM Brasil voltará a receber um A320neo após 30 meses

Next Post

ATR inicia certificação de avião abastecido com 100% de combustível sustentável

Related Posts
Total
7
Share