Design de bombardeiro furtivo da Rússia é revelado em registro de patente

Projeto PAK DA da Tupolev deve ser integrado à força aérea russa até o fim desta década
Ilustrações no registro de patente russo revelam o provável design do bombardeiro PAK DA (Divulgação)

Um pedido de patente registrado no Serviço Federal de Propriedade Intelectual da Rússia, em nome da fabricante Tupolev, pode ter revelado os primeiros traços do PAK DA (sigla em russo para “Complexo de Aviação de Longo Alcance”), bombardeiro furtivo (“invisível” aos radares) em forma de “asa voadora” que está em desenvolvimento há mais de um década.

A patente RU 209424U1, compilada em março deste ano e que veio à tona recentemente, contém ilustrações de um dispositivo de entrada de ar do motor, com um duto de ventilação inserido na fuselagem. De certa forma, é um design que lembra o desenho das entradas de ar dos motores do bombardeiro B-2 Spirit, da Força Aérea dos EUA.

ACOMPANHE O AIRWAY NAS REDES SOCIAIS

Espera-se que o voo inaugural do PAK DA ocorra entre meados de 2025 e 2026, seguido da entrada em serviço na força aérea russa até 2027.

Veja também:

Porta-aviões São Paulo deve deixar o Brasil rumo a Turquia nesta semana

Novo jato russo SSJ-New deve realizar voo inaugural em 2023

No ano passado, o Ministro da Indústria e Comércio da Rússia, Dennis Manturov, antecipou à agência de notícias russa Interfax que a produção dos protótipos do PAK DA estava em andamento, mas sem revelar maiores detalhes.

PAK DA: primeiro bombardeiro stealth russo deve decolar em meados de 2025 ou 2026

O bombardeiro “invisível” é um dos principais projetos da Rússia e será o substituto dos antigos turboélices Tu-95 e o supersônicos Tu-22M3 e Tu-160. Embora seja projetado para voar abaixo da velocidade do som, o PAK DA terá uma capacidade de armamentos superior às dos atuais bombardeiros da frota russa, de acordo com a imprensa do país.

Total
4
Shares
3 1 vote
Article Rating
11 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Waldonier Trindade Fonseca
Waldonier Trindade Fonseca
11 dias atrás

Com certeza não voará na data marcada. E mesmo sendo uma “cópia” do bombardeiro americano, a tecnologia a ser aplicada no mesmo ficará muito aquém. Se voar, será por volta de 2030!

Greg Fernandes
Greg Fernandes
11 dias atrás

Com esse ângulo de enflexamento, duvido muito ser capaz de vôo supersônico, a não ser que tenha asa de geometria variável

Valgo
Valgo
11 dias atrás

É bom se apressarem,pois precisam parar os norte americanos,o Câncer do Mundo!!!! O pior dos piores!!!Viva a mãe Rússia!!!!!

Helenofreire7@gmail.com
10 dias atrás

Tem muitos idiotas metidos a entender de aviaçã, melhor ouvir uma aula de Física Quântica ministrada por Tiririca. Idiotas, a Rússia sempre teve domínio do Espaço. Quando eles anunciam é por que o projeto já está pronto!!
ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ.

Helenofreire7@gmail.com
10 dias atrás

………aviação….

.

Eu Mesmo
Eu Mesmo
10 dias atrás

Lixo russo. Vai ficar muito aquém do B2, isso se chegar a ver a luz do dia. Aposto que é movido a vodka.

Flavio
Flavio
10 dias atrás

Que estranho,os russos dificilmente copiam o design de aeronaves americanas , mas e necessário evoluir para combater esse câncer mundial q se acham os donos do mundo ,os americanos.

Paulmarx
Paulmarx
10 dias atrás

Para desespero dos russófilos, babaovos do Putin, esse cacareco com asas fará sucesso apenas em forças armadas do terceiro mundo, exatamente como é hoje, só republiquetas de bananas e ditaduras comunas compram armamento russo de baixa qualidade

Karvi
Karvi
10 dias atrás

Convido aos filhos da mae russia a morarem nela ou mesmo a lutarem por ela, para depois de verem a realidade russa se cada um deles ainda amara sua mae russia.
Ao trocarem a liberdade e o conforto que tem pela realidade russa.
Boa sorte a cada um deles.

Caruso
Caruso
10 dias atrás

Quando voar será uma tecnologia de ponta dos vermelhos, pena que está chegando com 40 anos de atraso. Nem copiando conseguem.

Felipe
10 dias atrás

Aqui tem uns especialistas de BUTIQUIM… Americanoides… Acho que vão chorar igual uma cadela no cio…

Previous Post
O NAe São Paulo podia transportar uma combinação de até 40 aviões e helicópteros (Foto - Marinha do Brasil)

Porta-aviões São Paulo deve deixar o Brasil rumo à Turquia nesta semana

Next Post

Em alta, companhia aérea dos EUA reforça frota gigante de aviões brasileiros ERJ 145

Related Posts
Total
4
Share