Embraer entrega apenas nove jatos comerciais no terceiro trimestre de 2021

Fabricante obteve apenas um contrato de venda, de 16 jatos E175 para a SkyWest, dos EUA. No setor executivo, 21 aeronaves foram entregues no período
Único pedido do trimestre envolveu 16 jatos E175 para a Skywest (Embraer)

A Embraer concluiu o terceiro trimestre de 2021 com números relativamente modestos na aviação comercial. Foram entregues nove jatos comerciais, sendo seis E175 de primeira geração e três E195-E2, maior aeronave da família.

O total é idêntico ao do primeiro trimestre, mas inferior ao obtido no segundo trimestre, quando a empresa brasileira entregou 14 aviões. No acumulado de 2021, são 32 aeronaves comerciais enviadas aos clientes, 22 a menos que no mesmo período de 2019, quando a pandemia do Covid-19 ainda não havia impactado a produção.

Entre os pedidos, apenas um acordo com a SkyWest, dos EUA, que adquiriu mais 16 jatos E175, de primeira geração. O backlog da companhia foi ampliado em sete aeronaves, chegando a 313 pedidos firmes, primeira alta seguida após um longo período de encolhimento no número de aeronaves pendentes de entrega. Em valores, a carteira de pedidos atinge US$ 16,8 bilhões, segundo a empresa.

A evolução da carteira de pedidos de jatos comerciais da Embraer: número volta a subir, mas está longe dos bons tempos

A família E-Jet, tanto de primeira quanto de segunda geração, se aproxima de 2 mil unidades encomendadas desde o lançamento do programa. Atualmente são 1.968 jatos comerciais com pedidos firmes – a Embraer deixou de divulgar as opções de compra pelo segundo trimestre seguido.

Empresa entrega 21 jatos executivos

No segmento de aviação executiva, a Embraer teve números mais exuberantes. A fabricante entregou 21 jatos no terceiro trimestre, elevando o total no ano para 54 aeronaves.

O principal modelo entregue foi o Phenom 300, com 14 aviões, seguido pelo Praetor 600, com cinco unidades, e o Praetor 500, com dois jatos. Na soma dos três trimestres são 2 Phenom 100, 34 Phenom 300, seis Praetor 500 e 12 Praetor 600.

Embraer Phenom 300E (Embraer)

Total
1
Shares
Previous Post

Qual é a base aérea dos aviões mais avançados da FAB

Next Post
O A380 é um dos aviões da Qantas que operam os longos voos entre a Austrália e os EUA (Qantas)

Otimista, Qantas antecipa volta do A380 para abril de 2022

Related Posts