Lufthansa admite que pode aposentar o Airbus A380 permanentemente

Empresa alemã informou que vai enviar seis jatos A380 para o “armazenamento de longa duração”
Airbus A380 - Lufthansa
A Lufthansa aposentará seis dos 14 exemplares do Airbus A380 (Lufthansa)
Airbus A380 - Lufthansa
A Lufthansa aposentará seis dos 14 exemplares do Airbus A380 (Lufthansa)

A debandada do Airbus A380 segue em ritmo galopante. Na divulgação dos resultados do terceiro trimestre, a companhia aérea Lufthansa informou nesta quinta-feira (5) que vai enviar os oito modelos remanescentes em sua frota para o “armazenamento de longa duração” e que as aeronaves estão fora do planejamento da empresa no médio prazo.

Não se trata ainda de uma aposentadoria permanente, mas companhia alemã admitiu que isso pode acontecer se não houver uma rápida melhora na demanda por transporte aéreo. Além dos A380, a Lufthansa também vai desativar temporariamente mais uma série de outras aeronaves em todas as suas divisões.

“As empresas ainda se reservam no direito de retirar as aeronaves temporariamente, para que possam responder às mudanças no ambiente operacional, reativando-as em curto prazo. Com base no planejamento da frota atual e nas resoluções tomadas pelos conselhos de administração, presume-se que cinco Boeing 747, oito A380, 17 A340, 11 A320, cinco A319 e outros dez A319 alugados pela Lufthansa German Airlines, três Boeing 767 e 13 Dash 8-400 da Austrian Airlines, cinco A321 e 15 Dash 8-400 alugados pela Eurowings e dois A330 alugados e oito A319 alugados pela Brussels Airlines serão aposentados permanentemente”, diz o comunicado do grupo Lufthansa.

A empresa também confirmou a retirada imediata de sete jatos Airbus A340-600, cinco A319 e 11 A320. A Lufthansa ainda informou que vai atrasar o recebimento de novas aeronaves.

Em março de 2019, um ano antes da pandemia da COVID-19 e o início da crise no setor aéreo, a Lufthansa já havia confirmado que venderia de volta para a Airbus seis de seus então 14 exemplares do A380. Na época, a empresa informou que os aparelhos seriam substituídos por aeronaves mais eficientes, como o Boeing 787-9 e o Airbus A350-900.

Com a paralisação das aeronaves da Lufthansa, somados aos jatos aposentados pela Air France em junho e o fim das operações com o modelo da portuguesa Hi Fly até o final deste ano, o único operador do A380 da Europa será a British Airways, que possui 12 aeronaves do tipo.

A British Airways conta com 12 jatos A380 na frota (Airbus)
A British Airways conta com 12 jatos A380 na frota (Airbus)

Veja mais: Gol planeja retorno do Boeing 737 MAX para o próximo mês

Total
2
Shares
Previous Post
Boeing 737 MAX 8 - Gol

Gol planeja retorno do Boeing 737 MAX no próximo mês

Next Post

Azul recebe terceiro A330-900neo e encaminha chegada da quarta aeronave

Related Posts