“Táxi voador” da Embraer tem mais quatro fornecedores selecionados

Eve Air Mobility anunciou as empresas Thales, Honeywell, FACC e Recaro para suprir componentes do eVTOL que entrará em operação em 2026
Primeiro protótipo do Eve-100 voará ainda em 2024 (Eve)

A Eve Air Mobility, subsidiária de Mobilidade Aérea Urbana da Embraer, anunciou a escolha de mais quatro fornecedores para sua aeronave elétrica de decolagem e pouso vertical (eVTOL), também conhecido como “táxi voador”.

A primeira delas é a francesa Thales, que fornecerá um sistema aéreo de dados que inclui sensores e um computador. A bastante conhecida Honeywell será responsável pelos sistemas de orientação, navegação e iluminação externa enquanto a FACC fornecerá a estabillizador horizontal e vertical, incluindo o leme e o profundor.

Famosa no mercado automobilística, a Recaro fará os assentos da aeronave, que poderá levar quatro passageiros, além do piloto.

Siga o AIRWAY nas redes: WhatsApp | Facebook | LinkedIn | Youtube | Instagram | Twitter

Continuamos dentro do cronograma do nosso plano diretor e seguimos construindo uma lista robusta de fornecedores qualificados para nosso eVTOL”, afirma Johann Bordais, CEO da Eve. “Temos sido bastante conscientes ao estabelecer uma relação de trabalho de longo prazo com cada um dos nossos fornecedores. Cada acordo cobre o ciclo de vida da aeronave, incluindo protótipo, produção, serviço pós-venda e suporte operacional. Esperamos trabalhar com a Thales, Honeywell, RECARO e FACC à medida que avançamos em direção à entrada em serviço em 2026 e além”.

A maquete da cabine do eVTOL da Eve (Ricardo Meier)

Além dessas empresas, já foram contratadas a Garmin, Liebherr Aerospace e Intergalactic, que foram anunciadas em outubro de 2023, a BAE Systems e a DUC Hélices Propellers, em junho do ano passado.

Durante o Paris Air Show, a Embraer anunciou uma joint venture com a Nidec Corporation para produzir os motores elétricos da aeronave, a Nidec Aerospace LLC.

O eVTOl da Eve será produzido inicialmente em Taubaté, no interior de São Paulo. Está previsto para 2024 o primeiro voo do protótipo do eVTOL, que já está sendo montado.

A Eve planeja colocar os primeiros Eve-100, como é chamada a aeronave, em serviço em 2026.

Total
0
Shares
Previous Post
Caça Lockheed Martin F-16 - Força Aérea da Turquia

Governo dos EUA aprova venda de caças F-16 para a Turquia e F-35 para a Grécia

Next Post

United Airlines quer mais A321neo para o lugar do 737 MAX 10

Related Posts
Total
0
Share