Chumbo grosso: Saab testa canhão do caça Gripen E

Canhão alemão de 27 mm será uma das armas dos caças Gripen E/F comprados pela FAB
A versão sueca do Gripen NG voou pela primeira vez em junho deste ano (SAAB)
A versão sueca do Gripen NG voou pela primeira vez em junho deste ano (SAAB)

A Saab divulgou hoje pelo Facebook um vídeo mostrando um teste estático do canhão BK27 que equipa o novo caça Gripen E e que futuramente também será disponibilizado ao Gripen F, a versão da aeronave para dois pilotos por hora encomendada somente pela Força Aérea Brasileira (FAB).

Em pouco mais de um segundo, o canhão disparou 30 projéteis, informou a Saab. O armamento que pode ser empregado contra alvos aéreos e terrestres é produzido pela Mauser, uma divisão do grupo alemão Rheinmetall, um dos maiores fabricantes de canhões e fuzis do mundo.

Chumbo grosso!

O canhão BK27 tem o mesmo princípio do revolver, como o tradicional “38”. As munições, projeteis com dimensões semelhantes a de uma garrafa long-neck, são armazenadas em um tambor. A diferença é que a cada disparo o cartucho é rapidamente ejetado para fora do avião e um novo é recolocado. O modelo que será usado no Gripen E pode disparar até 1.700 tiros por minutos.

O conjunto do canhão alemão de 27 mm tem cerca de 2,30 metros de comprimento e pesa 100 kg, isso sem contar as munições. Cada projétil pesa aproximadamente 260 gramas – cada caça Gripen pode levar uma “cinta” com até 120 projéteis.

O canhão do Gripen NG tem o mesmo princípio do revolver, com um tambor de munições (Rheinmetall)
O canhão do Gripen NG tem o mesmo princípio do revolver, com um tambor de munições (Rheinmetall)

No mercado desde 1977 e com mais de três mil unidades produzidas (entre versões para uso em aviões, veículos blindados e embarcações) , o BK27 também é empregado nos caças Eurofighter e Panavia Tornado, além de versões mais antigas do Gripen. De acordo com o fabricante, os projéteis deixam o cano do canhão uma velocidade de saída de 1,1 km por segundo e têm alcance de até 4 km.

Sabia mais sobre as armas do Gripen E da FAB clicando aqui.

Veja mais: Força Aérea da Colômbia conclui modernização de seus Tucanos

 

Total
518
Shares
6 comments
  1. Boa noite Thiago !

    Talvez eu não tenha entendido, mas no texto está dito que o canhão dispara 1.700 tiros por minuto, mas o Gripen pode levar uma “cinta” com 120 projéteis ? Neste caso só poderia dar até 120 tiros e depois teria que aterrisar para recarregar ?

  2. Oi Max! 1.700 disparos por minuto é a cadência de tiro do canhão BK2 e não a quantidade de projéteis que o caça transporta. Pegue por exemplo o caso da famosa pistola Glock: ela tem uma cadência de 1.200 tiros por minutos, mas o cartucho padrão comporta apenas 17 balas.

  3. Até o momento não ouvi falarem sobre os testes do radar de varredura infravermelho (IRST) no nariz do Gripen E brasileiro. Alguém tem notícias?

Comments are closed.

Previous Post

Helvetic Airways completou o voo mais longo de um avião da Embraer

Next Post

Primeiro caça projetado na Coreia do Sul será apresentado em 2021

Related Posts