Turkmenistan Airlines encomenda dois cargueiros A330P2F

Aquisição de aeronaves da Airbus é a primeira do país da Ásia Central. Jatos serão convertidos para carga pela joint venture EFW
A330-200 P2F da Turkmenistan Airlines (Airbus)

A Turkmenistan Airlines se tornou a primeira cliente da Airbus no país asiático por meio de uma encomenda de dois A330-200 P2F (Passenger-To-Freighter). Previstas para serem entregues em 2022, as duas aeronaves serão convertidas pela empresa Elbe Flugzeugwerke GmbH (EFW), uma joint venture entre a Airbus e ST Engineering Aerospace.

O programa de conversão do widebody em cargueiro foi lançado em 2012 e teve o primeiro protótipo concluído em 2017. Segundo a Airbus, a ST Engineering possui o programa e o domínio técnico da fase de desenvolvimento de engenharia, enquanto a EFW detém todos os Certificados de Tipo Suplementar (STCs) para os programas atuais de conversão da Airbus, incluindo para A330P2F, além comandar a fase de industrialização e marketing para esses programas.

O programa A330P2F oferece duas opções de conversão, da versão menor A330-200 e também do A330-300. Os jatos são capazes de transportar até 61 toneladas e têm alcance de 7700 km. As empresas DHL e EgyptAir estão entre as clientes do cargueiro.

Curiosamente, a Airbus oferece o A330-200 em versão cargueira de produção em série. O A330-200F é capaz de transportar mais carga (até 70 tons) numa distância semelhante, de 7.400 km, mas a fabricante tem buscado aproveitar aeronaves de passageiros usadas para assumir o novo papel.

Em seu site, a Airbus justifica essa estratégia: “O A330P2F é complementar aos cargueiros A330-200F da nova produção da Airbus, pois a aeronave convertida atende a um ponto de preço e usuários finais diferentes, com base em requisitos operacionais separados”.

Ao contrário da Boeing, que oferece diversos modelos cargueiros de fábrica, a Airbus ainda não atua com tanta ênfase nesse mercado. Essa situação tende a mudar nos próximos anos por conta de programas de conversão da família A320 que estão em curso como o A321P2F.

Conversão do A320 feita pela EFW (Airbus)

Veja também: Aviões militares e cargueiros ajudaram entregas da Boeing em 2020

Total
29
Shares
Previous Post
Airbus A320neo

Taxa de produção do Airbus A320 vai aumentar somente no final do ano

Next Post
A FedEx operou um total de 77 cargueiros MD-10 nos últimos 40 anos (Dylan Ashe/Creative Commons)

FedEx vai aposentar os trijatos MD-10 em 2022

Related Posts